Pequenas gueixas

As maiko modernas, que podem se tornar aprendizes antes da idade de 18 anos, estão em Kyoto. Assim, em média, ashangyoku de Tóquio (que normalmente começam aos 18) são um pouco mais velhas em relação às de Kyoto (que geralmente começam aos 15). Os estágios iníciais shikomi e minarai do treinamento para gueixa duravam anos, o que é significativamente maior do que em tempos contemporâneos.
  • Shikomi - Literalmente significa "serva".
  • Minarai - Literalmente significa "aprender observando".
É através da onee-san (("irmã mais velha": uma gueixa mais experiente atuando como sua mentora)), que a minarai a observará e aprenderá seus comportamentos na okyia e no ozashiki (お座敷), um banquete em qualquer edifício tradicional japonês com tatami.
Dessa maneira ela tem a oportunidade de adquirir experiência e poderá entrar em contato com possíveis clientes. Embora as minarai possam ir ao ozashiki, elas não participam a um nível avançado. Seu kimono, mais elaborado do que o de uma geiko, se destina a fazer a falar por elas. Elas podem ser requisitadas para festas, mas são normalmente convidadas indesejadas (ainda bem-vindas) em festas que a sua onee-san assiste. E só cobram um terço da taxa de costume, geralmente trabalham com uma casa de chá em particular (minarai-jaya) aprendendo da Okaa-san (literalmente "mãe", a proprietária da casa). A partir dela, eles aprendem técnicas como a conversa e jogos, o que não seria ensinado a elas na escola. Esta fase dura apenas cerca de um mês ou mais.

Postagens mais visitadas