Casalzinho

O historiador Will Durant conta que "o amor romântico existia entre os gregos, mas raramente determinava os casamentos". Foi assim que Homero registra que Agamenão e Aquiles tomaram para si Críseis, Bríseis e Cassandra movidos por um apelo físico somente; apesar de os antigos contarem de amores como o de Orfeu por Eurídice, o amor de que geralmente falam é o apetite sexual.
É uma exceção, assim, a história narrada por Estesícoro, onde uma donzela morre de amor. Entretanto, Teano, esposa de Pitágoras, registrou que amor era "a doença de uma alma saudosa" - uma definição que em tudo se aproxima à visão romântica.

Postagens mais visitadas