F

A letra F tem suas origens na letra fenícia waw, cuja forma acredita-se que representaria um prego ou gancho. Este mesmo sinal do sistema de escrita fenício deu origem a outras letras do alfabeto latino, a saber, U, V, W e Y. Supõe-se que a letra waw correspondia a uma consoante aproximante labiovelar sonora, representada no alfabeto fonético internacional por [w].
Os gregos do período arcaico adotaram uma variante dessa letra (à qual deram o nome de digama) provavelmente para representar o mesmo som.
No alfabeto grego clássico, o digama já não era mais encontrado, tendo permanecido apenas o seu uso na representação do valor numérico 6.
O digama voltaria a ser usado como letra pelos etruscos, tendo a partir daí passado aos romanos, com os quais ganhou a forma que conhecemos hoje.
Na pronúncia restaurada do latim clássico, considera-se que a letra F representava a consoante fricativa labiodental surda [f], o mesmo som representado atualmente por esta letra no português e em outras línguas românicas, como o espanhol, o francês e o italiano.

Postagens mais visitadas